FLORIANÓPOLIS / SC

MULTI OPEN Offices

Rodovia Dr. Antônio Luiz Moura Gonzaga, 3339 - Rio Tavares, Florianópolis - SC, 88048-300

info@ephealth.com.br

(48) 3181-0148

SÃO PAULO / SP

Eretz.bio - Albert Einstein

R. Me. Cabrini, 462 - Vila Mariana, São Paulo - SP, 04020-040

Entenda o Programa (PIUBS) que vai informatizar 100% da saúde básica, mais de R$ 3,4 bilhões por ano

March 10, 2018

 

O Programa de Informatização das Unidades Básicas de Saúde (PIUBS) foi instituído pelo Ministério da Saúde em 11/01/2018, e prevê a informatização de 100% da Unidades Básicas de Saúde (UBS) no SUS, hoje totalizando 42 mil em todo o Brasil. O Ministério destinou R$ 3,4 bilhões ao ano para a informatização completa.

 

O ponto inicial desse edital é implantar o Prontuário eletrônico nas UBS, onde apenas 35% dessas já tem Prontuário eletrônico (14,8 mil), 65% não conta com Prontuário eletrônico (27,6 mil).

 

Mas a solução não é apenas o Prontuário, ela consiste numa informatização completa da UBS, que contempla basicamente 4 grandes áreas

:

  1. Conectividade (acesso à internet)

  2. Hardware (Computador, Tablet, câmera, leitor biométrico, impressora e roteador)

  3. Software (Prontuário e Aplicativo do Agente Comunitário de Saúde)

  4. Manutenção de equipamentos; Treinamento; Suporte técnico

Essa solução será ofertada por meio de empresas que devem efetuar o Credenciamento no Ministério da Saúde, comprovando a capacidade de ofertar a solução completa, tanto pelo aspecto técnico quanto econômico.

 

Pontos importantes:

1) As empresas poderão ofertar prontuário próprio ou instalar a versão oferecida pelo Ministério da Saúde (PEC eSUS-AB). 

2) Os preços são padronizados e já pré-definidos pelo Ministério da Saúde. 

3) Os municípios não terão acesso aos nomes das empresas, apenas se ela oferta o prontuário próprio ou do Ministério da Saúde

4) As empresas podem apresentar seus diferenciais adicionais, caso tenham. (Esse é um dos grandes pontos que podem diferenciar as ofertas)

5) Municípios que já possuem a solução, poderão solicitar o custeio (repasse de verba) para o Ministério da Saúde.

 

A ePHealth, que hoje é o Aplicativo de ACS líder de mercado, presente em 2.800 cidades, tem se posicionado como um grande diferencial para as soluções, uma vez que entregamos muito além do mínimo exigido pelo Aplicativo dos Agentes de Saúde (item obrigatório na solução).

 

Estão previstos 293 mil Tablets com aplicativo para os Agente de Saúde, isso significa R$ 585 milhões por ano, exclusivo para esse item.

 

Fale com os consultores da ePHealth e entenda melhor o PIUBS e como seu município pode se beneficiar com ele.

 

Fonte: http://portalms.saude.gov.br/acoes-e-programas/piubs

Please reload

Posts Em Destaque

Afinal quantos Diabéticos tem no Brasil?

January 5, 2019

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags